freepick_yoshio Crónicas, Family Coaching

No carro da Mãe..


Há muito tempo que o carro da mãe é o local por excelência para muitas coisas. No carro da Mãe cabe a vida da nossa família.

Descobri o texto que segue abaixo, escrito há algum tempo mas que transmite como o tempo interminável que muitos de nós passamos no trânsito pode ser tão bem aproveitado para descobrir mundo e criar laços:

No carro da Mãe…
• comemos o pequeno-almoço quando saímos atrasados de casa (as migalhas para cima do guardanapo, por favor!)
• lemos quando os semáforos ficam vermelhos (porque alguém disse que ler em andamento faz mal aos olhos)
• cantamos as músicas preferidas e ficamos a par das novidades (partilhamos o que cada um gosta mais)
• ouvimos os noticiários e comentamos o que os locutores dizem
• trocamos cromos
• fazemos jogos com as matriculas dos carros
• lemos os outdoors
• olhamos o rio Tejo e contemplamos a sua beleza
• tentamos adivinhar o tempo para cada dia, olhando para o céu
• temos as conversas mais interessantes (a Mãe apanha-os ali sentadinhos e zunga! toca a abordar tudo quanto é assunto)
• o Amor dos irmãos materializa-se (quando um precisa de vomitar e o do lado lhe segura a cabeça)
• No carro da Mãe cabe a vida da nossa família.

Hoje, no carro da Mãe continua a acontecer tudo isto e muito mais… talvez agora prefiram ouvir as musicas de que fizeram download nos seus telefones; talvez façamos menos jogos; talvez haja momentos em que cada um vai mais metido consigo mesmo (sinal da adolescência que foi chegando)… Hoje, no carro da Mãe, de manhã não há telefones para estarmos em sintonia. Hoje, no carro da Mãe, à tarde, cada um mergulha no seu telefone/tablet e afins, transformando essa viagem num momento de transição entre a escola e a família. Descobri que impor diálogo sobre “Como correu o dia?” era mais gerador de tensões do que outra coisa. E depois qual é o mal? Temos o resto do dia para falar do que nos apetece!