ASC_4014 Estufa Fria Ar Livre

Estufa Fria de Lisboa


O plano de arborização da Avenida da Liberdade, no ínicio do século XX, levou à criação de uma zona de abrigo para várias plantas. Hoje é um local de visita obrigatório.
A Estufa Fria de Lisboa é um dos mais importantes espaços verdes da cidade. Verdadeiro museu vivo, foi inicialmente pensada como um abrigo para plantas, sendo atualmente um dos espaços verdes mais aprazíveis da capital e onde se pode desfrutar de agradáveis momentos por entre lagos, cascatas, regatos, obras de estatuária, e centenas de espécies de plantas diferentes oriundas de todo o mundo. Constituída por três áreas distintas tem na Estufa Fria a zona que mais deslumbra os seus visitantes. Sem qualquer tipo de aquecimento, é coberta por várias ripas de madeira que condicionam a intensidade da luz e protegem as plantas do frio do inverno e do calor do verão, proporcionando, assim, condições únicas para o desenvolvimento de plantas de países tão distantes como a China, a Austrália ou o México. Por aqui reinam os fetos arbóreo-da-tasmânia, as azáleas e os diferentes tipos de cultivares de cameleira.

Também de visita obrigatória é a Estufa Quente, um espaço com 3.000m2 construído nos anos 70 e que, com a sua cobertura em vidro, possibilita condições únicas para o crescimento de plantas originárias de climas tropicais, como o cafeeiro, a mangueira ou a bananeira.

A Estufa Doce é a mais pequena das três estufas aqui existentes, mas nem por isso de menor importância. São apenas 400m2, é certo, mas é aqui que crescem as cactáceas, plantas gordas assim chamadas devido às suas folhas grossas e de consistência gelatinosa, como os catos.

Inaugurada em 1933, a Estufa Fria é um dos mais bonitos locais para não só passear, mas também aprender tudo sobre as plantas que, cada vez mais, tem uma enorme importância na manutenção do nosso ecossistema.

INFORMAÇÕES ÚTEIS
HORÁRIO
Aberto todos os dias (exceto 1 de janeiro, 1 de maio e 25 de dezembro), das 10:00h às 19:00h (a partir do último domingo de março) e das 09:00h e as 17:00h (a partir do último domingo de outubro)LOCALIZAÇÃO
Parque Eduardo VII, entre a Alameda Engenheiro Edgar Cardoso e a Alameda Cardeal Cerejeira
ACESSIBILIDADES
Autocarros (Carris) – 702, 711, 712, 720, 727, 732, 736, 738, 744, 746, 748, 753, 783.
Metro – Linha Amarela e Linha Azul, Estação Marquês de Pombal
PREÇOS
Crianças (dos 6 aos 18 anos) – 2,33€; Adultos – 3,10€; Estudantes, pensionistas e reformados – 1,55€; Domingos e feriados até às 14:00h – gratuito

Nota Lx4Kids
Final Thoughts

Overall Score 4.5
Readers Rating
0 votes
0