COACH_CRONICA2 Crónicas, Family Coaching

Nas férias da Páscoa, aventuras!


“Férias” pode ser sinónimo de paragem, quebrar rotinas, fazer coisas diferentes mas o mais importante é… saber o que queremos!

As férias da Páscoa já aí estão. Espero que o sol brilhe. Quero que seja tempo de abrandar, de sair por aí com os miúdos. Vivemos a 200 000 à hora. Por mais que tente desacelerar, o mundo à nossa volta empurra-nos para vivermos sempre no amanhã, sem saborear o presente.
Muitas vezes sinto que não têm tempo para digerir, isto é, degustar tudo o que lhes vai surgindo no caminho. Outro dia, dei por mim a recordar as longas viagens que fazia, de carro, com os meus pais, país fora. Hoje, acho que muitas coisas que ia aprendendo na escola faziam sentido e eram faceis de decorar porque eu já “tinha estado lá”.
Os tempos são outros. A realidade completamente distinta. Por vezes, sinto que os meus filhos conhecem melhor outros países do que a linda cidade onde vivemos. É assim. O mundo é mais global. Já visitaram imensos sítios com a ajuda da internet, sem saírem do sofá.
Apesar de tudo isto, com a cabeça nas minhas memórias lancei-lhes o desafio – “Das matérias que têm estdudado acerca dos nosso país, o que gostariam de visitar?” Explorar a cidade em que vivemos à laia de turista, ir para mais longe e conhecer o “berço da nação”, espreitar a ponta mais ocidental da europa… Muitas ideias andam pelo ar. Não sei no que resultará. Estou determinada a muni-los de mapas (em vez de GPS) e a arranjar cadernos onde possam fazer registos (desenhar, escrever, colar bilhetes e afins). Não sou fundamentalista. Serão permitidas fotografias com máquina ou telefone. Poderemos fazer os registos em computador ou em tablets. A ideia é diversificar.
Estou otimista. Do coaching parental aprendi que é fundamental eu saber o que quero para que possa fazer acontecer; para que mesmo perante milhares de reclamações, eu avance confiante. A experiência tem-me mostrado que as coisas correm melhor quando sei o que quero e como quero sentir-me perante as situações.
Intuo que serão umas boas férias. Repletas de bons momentos. Eu assim quero que seja!

Sandra Belo
www.familycoaching.pt